quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Uma velha calçada

Esquecia dessa história
Esquecia dessa brisa
Esquecia esse tormento
Mas continuo vivendo

Tudo começou e terminou aqui
Um lugar alegre também possui assombrações
Nada sem razão
Nada sem coração

Aqui espero uma nova história
Cá sinto uma brisa de suspense
Agora tenho um tormento sem razão
Vou vivendo por nada e um coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário